Viajar para Luxor leva-te diretamente à essência do Egipto dos Faraós, uma vez que foi uma das capitais do antigo império e possui uma riqueza de monumentos históricos.

Considerado um dos maiores museus ao ar livre do planeta, a tua viagem a Luxor leva-te a percorrer milhares de anos de história que começaram quando a cidade se chamava Tebas e acolheu os imperadores mais importantes da época dourada da civilização egípcia.

Qual é a temperatura habitual em Luxor?

MédiaJaneiro.Fev.Mar.Abr.Maio.Jun.Julho.Ago.Set.Out.Nov.Dez.
Máximo22 ºC25 ºC29 ºC34 ºC38 ºC40 ºC41 ºC40 ºC38 ºC34 ºC28 ºC24 ºC
Meios de comunicação14 ºC17 ºC21 ºC26 ºC30 ºC33 ºC33 ºC33 ºC31 ºC27 ºC21 ºC16 ºC
Mínimos8 ºC9 ºC13 ºC18 ºC22 ºC25 ºC26 ºC26 ºC23 ºC19 ºC14 ºC9 ºC

Zonas e distritos de Luxor

A cidade de Luxor está dividida em duas margens ligadas por uma ponte que atravessa o Nilo: a margem oriental e a margem ocidental. De tal forma que é fácil orientares-te e quase nenhum ponto de interesse se perde para o viajante.

As principais atracções da cidade, como os templos de Luxor e Karnak, situam-se na margem oriental. Mas isso não significa que não haja nada do outro lado, pelo contrário, na margem oeste encontra-se o famoso Vale dos Reis, um complexo funerário dedicado aos faraós que é uma visita obrigatória na tua viagem ao Egipto.

O que ver em Luxor

  • Templo de Luxor. Um dos monumentos mais famosos do Egipto, construído durante os reinados de Amenhotep III e Ramsés II em honra do deus Amon. O Templo de Luxor não é apenas conhecido mundialmente pela sua importância histórica, mas também por ser um dos templos mais bem preservados de todo o país. Tem mais de 260 metros para percorrer e apreciar as suas enormes colunas e hieróglifos.
  • Templo de Karnak. É a maior do Egipto e foi construída nas margens do rio Nilo, O Templo de Karnak Fica apenas a 3 km do Templo de Luxor e estava ligado a este pela Avenida das Esfinges que, na antiguidade, tinha mais de 1000 esfinges a guardar a estrada.
  • Colossos de Memnon. Este monumento histórico caracteriza-se por duas enormes estátuas do faraó Amenhotep III, cada uma com 14 metros de altura, que presidem à entrada do que foi outrora um templo funerário. Os Colossos de Memnon são duas figuras sentadas com as mãos nas pernas e olhando para o sol nascente, um aspeto muito importante da mitologia egípcia e um motivo recorrente em todos os seus símbolos e arquitetura.
  • Templo de Seti I. Situado na margem oposta ao Templo de Karnak, um templo que o Imperador Seti I construiu para homenagear o seu pai Ramsés I. Não é muito turístico, por isso podes visitá-lo à vontade e aproveitar o facto de haver muito pouca gente à volta.
  • Vale dos Reis. Situada a 10 km da cidade de Luxor, esta famosa necrópole alberga a maior parte dos túmulos dos faraós do Novo Reino. O primeiro a ser enterrado no Vale dos Reis foi Tutmés I, da 18ª Dinastia, há 3500 anos. O túmulo mais famoso descoberto aqui foi o de Tutankhamon, em 1922, por Howard Carter, que pode agora ser visitado no Museu Egípcio, no Cairo, juntamente com todos os seus tesouros.
  • Vale das Rainhas. Situada a sul do Vale dos Reis, é uma necrópole onde foram enterradas as rainhas e os príncipes das dinastias do Novo Reino. O túmulo mais famoso é o de Nefertari, a mulher preferida de Ramsés II. Nas visitas guiadas, faz esta visita juntamente com o Vale dos Reis.
  • Templo Funerário de Hatshepsut. A meio caminho entre o rio Nilo e o Vale dos Reis, encontra-se o Templo de Hatshepsut, esculpido diretamente na rocha e dedicado a Amun-Ra.
  • Museu de Arte Antiga em Luxor. Alberga nas suas salas um grande património com muitos achados e peças da antiga Tebas, estátuas de Tutankhamon e Amenhotep III, jóias, armas, ferramentas e utensílios da vida quotidiana do antigo Egipto.

Onde ficar em Luxor

A melhor zona para ficar alojado em Luxor é a margem leste, onde se situa o Templo de Luxor e os principais equipamentos turísticos – restaurantes, estabelecimentos de restauração, lojas de recordações, etc. É aconselhável reservar um hotel com bastante antecedência, uma vez que esta é a zona mais procurada para ficar em Luxor.

Na margem oeste do Nilo há também uma boa escolha de hotéis, com hotéis de luxo e todas as comodidades, embora perto do Vale dos Reis estejas um pouco mais longe do centro de Luxor do que se ficares na margem leste da cidade.

Como te deslocas em Luxor

Luxor pode ser alcançada de avião até ao seu aeroporto internacional e também de comboio, com um serviço duas vezes por dia que liga a cidade a Aswan e ao Cairo.

A ponte que liga as margens leste e oeste pode ser atravessada de um lado para o outro de carro ou autocarro, enquanto ainda existem algumas jangadas no rio que podem ser utilizadas para atravessar o rio como nos tempos antigos.

Fotos de Luxor

Outros artigos em que possa estar interessado...

Lúxor

Viajar para Luxor leva-te diretamente à essência do Egipto dos Faraós, uma vez que foi uma das capitais do antigo

Assuão

A cidade mais a sul do Egipto fica a quase 1000 quilómetros da capital Cairo e alberga muitos tesouros do